17,8 milhões de pneus foram destinados corretamente no primeiro trimestre
20 de Abril de 2012 • Atualizado às 04h20

Só nos três primeiros meses deste ano, 89 mil toneladas de pneus inservíveis foram coletados e destinados de forma ambientalmente correta. Essa quantidade equivale a cerca de 17,8 milhões de unidades de pneus de carro de passeio. Se este material fosse inteiramente transformado em matéria-prima para o asfalto ecológico, seria possível pavimentar cerca de 18 mil quilômetros de vias.

Todo o trabalho de coletar e destinar esses pneus é feito pela Reciclanip, entidade criada pelos fabricantes nacionais para cuidar exclusivamente de toda a logística e investimento necessários para que o pneu velho tenha uma nova utilidade. O trabalho vem sendo realizado desde 1999.

A entidade possui 726 pontos de coleta espalhados por todo o Brasil em parceria principalmente com prefeituras, que cedem o terreno de acordo com as normas de segurança e higiene, para recolher e armazenar os pneus. A criação do ponto de coleta e toda a logística de transportes de saída do material do ponto de coleta fazem parte das responsabilidades da Reciclanip.

“Os pneus chegam de variadas formas: a própria prefeitura pode trazê-los por meio da coleta municipal, os borracheiros e donos de lojas costumam levar ou então o próprio consumidor deixa o pneu no ponto de coleta”, explica o gerente geral da Reciclanip, César Faccio.

Quando saem dos pontos de coleta, os pneus podem seguir para trituração ou então serão levados para cimenteiras que vão utilizá-los em fornos, especialmente preparados para recebê-los como combustível.

Os pneus que saem dos pontos de coleta têm dois destinos: ou são enviados para cimenteiras que recebem o material em seus fornos ou seguirão como matéria-prima para novos produtos como asfalto-borracha, pisos de quadra poliesportiva, artefatos de borracha, tapetes para automóveis ou solados de sapato. “Hoje, a principal destinação é como combustível alternativo para as indústrias de cimento, o que representa mais da metade da utilização”, completa Faccio.

Desde 1999, quando a coleta começou, já foram coletados mais de 1,95 milhão de toneladas de pneus inservíveis, o equivalente a 390 milhões de unidades de pneus de carro de passeio.



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2014.