Alckmin anuncia acordos para antecipar cumprimento da PNRS
05 de Junho de 2012 • Atualizado às 05h00

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, aproveitou a comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente para falar sobre as estratégias paulistanas em direção ao cumprimento das normas estabelecidas na Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Em seu discurso durante o Seminário São Paulo Mais Limpa, realizado nesta terça-feira (5) na Universidade de São Paulo, Alckmin anunciou a assinatura de um acordo feito direto com a indústria. De acordo com a autoridade, fabricantes de pneus, óleo de cozinha, óleo combustível e celulares se comprometeram a criar estratégias para o funcionamento ideal da logística reversa.

Segundo o governador, o papel do governo em meio a essa nova política é articular, incentivar e fiscalizar. Em contrapartida o setor privado deve se responsabilizar pelos postos de coleta e por toda a logística, que vai desde a coleta dos resíduos até a sua destinação final adequada. Entre estes dois pontos está o consumidor, que também é o responsável por devolver os resíduos de seu consumo nos locais corretos, para que não sejam descartados indevidamente.

Oficialmente o prazo para que as cidades se adéquem e criem estruturas que possibilitem o fechamento dos lixões espira em 2014, no entanto, conforme informado por Alckmin, o estado de São Paulo tentará antecipar ao máximo este prazo.

Mesmo com esse discurso que visa a eficiência, ainda existem diversas cidades paulistas que não controlam o descarte de lixo. O pior exemplo, segundo a Cetesb, é em Vargem Grande do Sul, onde os resíduos são simplesmente descartados no terreno sem cuidados específicos e catadores ficam em meio ao lixo.Com informações do G1.

Redação CicloVivo



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2014.