Arquitetos norte-americanos constroem escritório com contêineres
06 de Março de 2012 • Atualizado às 13h00

A Pallotta Teamworks é uma instituição, norte-americana, produtora de eventos de caridade que faz corridas de bicicleta e outros atividades. Em 2002, eles saíram do escritório que utilizavam, pois precisavam de mais espaço. A necessidade foi saciada ao encontrar um grande armazém de mais de 4.300 m2, na área de Atwater Village, Los Angeles.

A empresa de eventos contratou a Clive Wilkinson Architects para chegar a uma solução para a criação de uma nova sede inspiradora dentro do armazém. A reforma foi feita com um orçamento apertado e o resultado foi uma cidade contêiner, coberta com tendas que lembram os próprios eventos que a Pallotta faz.

A instituição encontrou um bom meio de consruir sobre o depósito. Mas, depois de fazer os cálculos perceberam que não teriam fundos suficientes para manter todo o espaço com ar condicionado - além disso, eles estavam trabalhando com pouco dinheiro.

Então o escritório de arquitetura, que tinha vindo com outras soluções criativas para espaços de armazém, concebeu a ideia de usar contêineres e tendas grandes para criar "ilhas" de respiração dentro do armazém. Estas ilhas de atividade autossuficientes com ar-condicionado proporcionam espaço para cada departamento dentro da empresa e daria a cada um deles uma identidade específica.

Toda infraestrutura foi analisada por caminhos de distribuição ideal e alteração estrutural mínima. Para economizar ainda mais dinheiro, contêineres atuaram como gabinetes e âncoras para as estruturas de tendas.

Clarabóias no telhado do armazém trazem a luz natural do dia para o espaço a fim de reduzir a necessidade de luz artificial, enquanto que as tendas minimizam o volume de espaço a ser refrigerado pelo ar condicionado. Madeira serrada bruta é usada durante todo o projeto para mesas, paredes, divisórias entre outras coisas.

As cores brilhantes, mesas de mapas, e até mesmo fontes de água decoram o espaço servindo de inspiração para os funcionários.

Como resultado deste tipo de construção a instituição teve uma economia considerável e reforçou a mensagem do cliente de promover formas sustentáveis e responsáveis ​​de viver neste planeta.

O projeto do Clive Wilkinson para a nova sede recebeu um prêmio de design do AIA (The American Institute of Architects) em 2002, por criar um ambiente de trabalho animado em um armazém com uso reduzido de energia, apesar de um orçamento baixo para a construção. Com informações do Clive Wilkinson Architects

Redação CicloVivo



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2014.