Australiano cria Pavilhão de bambu para ajudar comunidades carentes
17 de Dezembro de 2010 • Atualizado às 11h37

O designer australiano Esan Rahmani, em colaboração com Mukul Damle, criou um pavilhão de bambu. O objetivo da estrutura é poder servir como um abrigo comunitário às pessoas carentes que moram na costa do Oceano Índico.

O bambu é facilmente disponível e cresce em toda a Ásia e em diversas partes do mundo. Além disso, ele pode ser usado em inúmeras aplicações, como canalização de água para coberturas de edifícios, cercas e pisos.

Por isso ele é um tipo de material perfeito para construir o telhado, a água, pisos e encanamentos de esgoto. Toda a estrutura do pavilhão foi feita apenas de bambu, fator que deu um ar contemporâneo à estrutura.

Como o bambu é facilmente obtido em torno do Oceano Índico, este material renovável e de baixo custo é uma ótima alternativa para aqueles que precisam de abrigo. Super leve e resistente o bambu possui características físicas que também o tornam facilmente adaptável a uma gama de métodos de construção diferentes.

Os bambus também podem ser esculpidos e cortados para criar várias juntas, o que significa que poucos outros materiais são necessários para estruturar as construções. É por isso que Rahmani e Damle escolheram justamente esse material para projetar um pavilhão sustentável que ajude pessoas em necessidade.

Projetado para oferecer boa qualidade de vida aos habitantes, o Pavilhão de Bambu vem carregado com todas as comodidades modernas. Existem tubos que se interligam para coletar e canalizar a água da chuva em uma bacia central, onde é filtrada e armazenada para uso.

A casa de bambu tem formato alongado e cercado por camarotes privados, salas de lavagem e armazenagem. O grande funil central se abre para o céu que não só chama a luz do dia no espaço compartilhado e área de dormir, mas também fornece a ventilação natural. O telhado, feito de canos de bambu, recolhe e direciona a água da chuva em uma bacia central na parte inferior do funil, no centro da sala. Sombreiros operáveis sob os quartos privados deixam entrar a luz e proporcionam uma ventilação natural.

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos |

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2013.