Estudante inglês cria primeiro smartphone de bambu com Android
25 de Abril de 2012 • Atualizado às 11h55

O bambu, muito utilizado em construções sustentáveis, agora é também uma alternativa aos smartphones. A proposta reduz a quantidade de petróleo usada na fabricação dos celulares e consequentemente gera menos impactos ambientais.

Muitos designers de celulares já criaram alternativas para substituir o plástico por algum material renovável, esta é a tendência dos aparelhos do futuro. Uma das vantagens no caso do bambu é a sua abundância na natureza.

O smartphone de bambu com sistema operacional Android foi desenvolvido pelo estudante inglês Kieron-Scott Woodhouse, de 23 anos, que está cursando o último ano de design de produtos na Middlesex University, no Reino Unido. Ele estava frustrado com a falta de variedade de telefonia móvel no mercado, então resolveu usar seu tempo livre para criar seu próprio aparelho. Após postar suas criações em fóruns e sites, um empresário de tecnologia entrou em contato com ele.

Além da questão ambiental, o produto tem outro ponto favorável: design atraente. Por causa do bambu o celular como um todo tem um aspecto visual interessante. Batizado de AdZero, ele será o primeiro modelo de bambu disponível no mercado.

O aparelho android também representa uma alternativa aos celulares da Apple, que dominam o mercado no quesito originalidade. De acordo com o site Droid Life, a empresa afirmou que o aparelho ecológico será equipado com um novo tipo de tecnologia de câmera digital chamada “ring flash”, que favorece a entrada de iluminação e minimiza sombras. Esta tecnologia é parecida com a usada por fotógrafos de moda.

"O bambu parece ser um material estranho para ser usado em um telefone, mas na verdade é extremamente forte e muito durável. Você pode largá-lo e ele não vai quebrar, além disso, tem uma aparência realmente única e as pessoas querem algo um pouco diferente nos dias de hoje", afirmou o estudante ao Huffington Post.

O protótipo é financiado por investidores chineses, por isso espera-se que o valor dele não seja muito alto. A previsão é que o novo smartphone seja lançado ainda este ano. Com informações do Middlesex University e AndroidPit.

Redação CicloVivo



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos |

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2013.