Hidroponia pode ser solução para cultivo em ambientes pequenos
02 de Agosto de 2011 • Atualizado às 11h15

Se você mora em um apartamento ou em uma casa que não possui muito espaço para cultivar parte dos alimentos em uma horta, ou então, se mexer com terra é um problema; uma dica interessante é o cultivo de alimentos em água, a chamada hidroponia. 

A hidroponia é a ciência que cultiva plantas sem a necessidade de solo (substrato). As raízes ficam embebidas em água da qual recebe uma solução com nutrientes essenciais, em quantidade necessária para o desenvolvimento saudável do vegetal.

Este tipo de cultura exige pouca mão-de-obra, não necessita mecanização é simples de fazer e produz o ano todo. É possível aplicar esta técnica também em escala comercial, trazendo como vantagem a diminuição da agressão ao meio ambiente com a produção agrícola intensificada. 


Material:

- 1 pote de sorvete de dois litros (com tampa);

- 6 garrafas PET de cinco litros (uma para recortar e cinco para dissolver os nutrientes);

- 1 rolo de fita adesiva aluminada, bem reflexiva;

- 1 medidor de 10 mL;

- 1 kit de adubo;

- 1 muda de alface (adquirida em agropecuária. Mas, é possível comprar a semente de alface e fazer a própria muda em casa).

Método:

Faça uma abertura na tampa do pote de sorvete do tamanho da tampinha da garrafa de cinco litros. Em seguida pegue uma garrafa PET e recorte a parte superior, para fazer um funil de 4 cm de altura. Na tampinha faça duas aberturas, deixando uma parte intacta no meio para que a raiz não caia. 

Envolva todo o pote de sorvete, inclusive a tampa, com a fita adesiva aluminada. Feche o pote de sorvete e encaixe o funil na abertura. 

Preparo da solução:

Colocar um pouco de água potável nas cinco garrafas PET e adicionar um saquinho de adubo em cada uma delas. Para dissolver completamente, feche a garrafa e agite bem. A seguir, complete todas as garrafas com água potável (5L no total). As garrafas devem ser armazenadas em local totalmente protegido da luz.

Como adicionar a solução nutritiva e a muda:

Encha o pote de sorvete até a metade com água potável. Retire com o medidor 10 mL de cada garrafa (solução) e adicione no pote de sorvete. Lembrando que o medidor deverá ser lavado antes de retirar do próximo.

Feche o pote e em seguida pegue o funil com tampa, coloque a muda no orifício e encaixe o bico da garrafa na tampa do pote.  Complete com água potável até que encoste na base da tampa do funil, o ideal é que ultrapasse a base da tampa cerca de 2 mm. 

Mantenha a planta protegida da chuva e sempre exposta ao sol. Elas precisam de horas de exposição, se isso não acontecer ou ficar a meia sombra a muda poderá atrofiar e não se desenvolver. 

Manutenção da muda:

Cerca de seis dias depois o nível da solução com nutrientes começa a baixar, então é necessário fazer a reposição (adicionar mais solução), para isso a maneira mais prática de fazer é deixar preparada e misturada em um balde com tampa e protegido da luz. 

Retire com uma caneca a quantidade de solução suficiente para completar o nível do pote de sorvete. 

*Exemplo de preparo da mistura: em um balde 20L complete 19,5L de água + 100 mL de cada adubo = 20 L de mistura. 

Um dos principais segredos da alta produtividade das plantas neste tipo de cultivo é o correto equilíbrio das soluções utilizadas. Este equilíbrio garante a alta qualidade da produção. A criação do projeto é do Dr Jorge Barcelos da LabHidro da Universidade Federal de Santa Catarina.

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter 



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos |

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2013.