LPs velhos podem virar diversas coisas novas
17 de Dezembro de 2010 • Atualizado às 08h59

Quando o CD apareceu em meado da década de 1980, o vinil começou a perder espaço e as vitrolas aos poucos foram substituídas por tocadores de cd. Desde então, o vinil mal conservado começou a ir direto para o lixo, somente os apaixonados pelo disco e colecionadores mantiveram o LP.

Pensando no descarte e na não utilidade do material alguns artistas desenvolveram técnicas e criaram objetos diferentes a partir desses vinis. A habilidade característica do vinil, de se tornar maleável quando aquecido e, em ao ser resfriado tomar a forma desejada, o torna ideal para trabalhos manuais.

Um exemplo de como este material pode ser reutilizado é dado pela artista Christine Claringbold que pinta à mão os discos e transformam-nos em peças decorativas e até mesmo relógios de parede.

Um LP pode também ser transformado em uma série de pingentes, brincos e outros artigos. Basta ter um cortador de laser à mão. Na loja Etsy você encontra vários modelos.

O vinil se extende da borda ao buraco o que inclue o rótulo central. Embora mais difíceis de reciclar eles são do tamanho perfeito de porta copos de mesa. Corte-os em volta do rótulo e deixe sua mesa livre de marcas. Outra maneira de reciclar o disco, é transformá-lo em uma tigela, basta aquecê-lo e moldar de acordo com seu gosto e necessidade.

Um disco de vinil aspira o renascimento no meio de algum tempo futuro - neste caso, um iPod. Artistas desenvolveram uma capa para iPod com disco de vinil de 45 rpm que tem o mesmo diâmetro do botão do aparelho.

O artista Daniel Edlen cria retratos de seu músicos favoritos utilizando LPs de vinil original e as capas. Ao preço de 175 dólares cada, essas obras não são baratas, mas são, sem dúvida, obras de arte.

Carlos Aires, é outro artista que usa vinil reciclados. Aires corta silhuetas de disco de vinil que são únicas. Embora ele trabalhe com uma variedade de coisas, é mais conhecido pelos seus cortes em vinil, que muitas vezes são reunidos em exposições.

Milhões - talvez bilhões - de discos de vinil foram feitos desde o início da gravação da música. Individual LPs e singles favoritos foram tocados centenas, até milhares de vezes. Os números são surpreendentes, mas não vamos triturá-los, vamos reutilizar, reciclar e transformá-los em novos produtos que consigam ainda carregar um pouco da magia dentro deles.

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2014.