- Publicidade -

Quando descartado incorretamente, o lixo eletrônico pode causar danos à saúde e ao meio ambiente. Isso ocorre porque ele contém componentes tóxicos, tais como chumbo, cádmio, berílio e mercúrio.

Porém, enquanto alguns simplesmente descartam, outros reaproveitam esse “lixo” transformando-o em arte.

O CicloVivo separou alguns exemplos, as imagens se encontram na galeria ao lado.

- Publicidade -

Tênis E-Waste

Criados e desenvolvidos pelo artista norte-americano Gabriel Dishaw, os tênis são feitos inteiramente de lixo eletrônico.  

Cadeira de CDs reciclados

Os CDs são feitos de policarbonetos, um material caro e difícil de ser reciclado, mas, podem ser reutilizados até mesmo em forma de cadeiras. É o que mostra essa peça desenvolvida pela designer Belen Hermosa, embora pareça desconfortável, essa cadeira desenvolvida pela designer Belen Hermosa pode valer a pena.

Esculturas de lixo eletrônico

O que tecnologia, animais e arte podem ter em comum? As esculturas feitas pela designer Brenda Guyton respondem à pergunta. A maior parte de suas esculturas são feitas com peças de computador, que ganham vida em forma de coelhos, lagartos e outros.

Réplica do estádio Neyland

O artista Dace Mann recolheu algumas peças eletrônicas de seus amigos, e com elas criou uma réplica do estádio de futebol americano, o Neyland Stadium – um dos maiores estádios do mundo.  A réplica tem aproximadamente 20 cm de largura, 25 cm de comprimento e 10 cm de altura. As arquibancadas são todas feitas com chips pintados de branco, o seu “gramado” é feito de lixa e o placar era um antigo display de celular.

- Publicidade -