- Publicidade -
joaninhas
Foto: Pixabay

Existe uma superstição de que a joaninha traz sorte quando pousa em alguém. E estes pequenos besouros são realmente um bom sinal, principalmente quando estão nas nossas hortas e jardins. As joaninhas são um indicador de um bom estado orgânico do local, já que são sensíveis e precisam de um ambiente saudável para viver.

- Publicidade -

Estes pequenos são inimigos naturais de pulgões e outras ameaças às plantas e uma ótima opção para quem quer usar o controle biológico ao invés de pesticidas. Ou seja, ao do uso de produtos muitas vezes nocivos à saúde, podemos deixar que os inimigos naturais eliminem alguns bichinhos indesejados.

Facilmente identificadas pelo formato, pela coloração vermelho-alaranjada brilhante e pelos pequenos pontos pretos, as joaninhas têm bocais para mastigar o que as diferencia dos insetos que possuem tubos perfurantes e sugadores. Quando estão em repouso, suas asas finas são dobradas sob rígidas abas conhecidas como élitros.

joaninhas

Foto: Pixabay

Como as joaninhas ajudam sua horta e jardim?

Estes besourinhos alimentam-se de insetos que podem comprometer a saúde das plantas. Pulgões são sua refeição favorita e é isso que os torna benéficos para os jardineiros. Esses insetos de corpo mole sugam os sucos da planta, especialmente das partes mais tenras da planta, como as pontas em crescimento e os botões em desenvolvimento, retardando o crescimento e afetando a frutificação.

- Publicidade -

Os joaninhas são comedores vorazes, devorando de 40 a 50 pulgões por dia. Um único inseto adulto provavelmente come cerca de 5 mil insetos e larvas de insetos durante sua vida. Cada fêmea produz cerca de mil ovos por temporada, que deposita perto de fontes de alimento em lotes de 10, 50 ou até 100 de cada vez.

joaninhas

Foto: Pixabay

Isso deve lhe dar uma boa ideia sobre o potencial de controle de pragas, sem mencionar o que sua prole pode fazer. As larvas que eclodem dos ovos não se parecem com os adultos e costumam ser confundidas com larvas de insetos nocivos e mortas pelos jardineiros. Eles têm uma aparência de crocodilo com um apetite à altura. Eles se alimentam de 400-500 pulgões durante as 2-3 semanas antes da pupa e de se tornarem besouros jovens em uma ou duas semanas.

- Publicidade -

Os pulgões não são as únicas presas das joaninhas e de suas larvas. Eles diminuem o trabalho dos cochonilhas, dos ácaros-aranha e dos ovos e larvas de insetos maiores, como o besouro da batata do Colorado.

Todo o ciclo de vida de uma joaninha é concluído em cerca de 5 semanas ou menos, dando-lhe tempo suficiente para dar à luz de 5 a 6 gerações, da primavera ao início do verão. Dependendo de sua espécie, eles estivam no verão e hibernam durante o inverno, geralmente se reunindo em grande número.

joaninhas

Foto: Austin Ban | Unsplash

Cuidado em todas as fases

A pesquisadora do Instituto Biológico, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Terezinha Monteiro dos Santos Cividanes, é importante conhecer as joaninhas em todas as suas fases, desde os ovos, até os besouros adultos.

“Muitas vezes, por desconhecimento de todas essas fases, o produtor acaba matando as larvas ou ovos de joaninhas, porque acha que eles seriam de uma praga, quando na verdade, eles podem ser a solução para os problemas da plantação”, afirma a pesquisadora.

joaninhas

Fonte: Instituto Biológico

Terezinha  afirma ainda que os pequenos besouros podem ser usados no controle biológico de culturas anuais, frutíferas e plantas ornamentais.

As joaninhas medem de 1 a 10 milímetros. Os adultos, após o acasalamento, colocam os ovos agrupados, que darão origem a pequenas larvas. Tanto as larvas como os adultos se alimentam dos pulgões. “O único momento que a joaninha não se alimenta dessa praga é durante seu período de pupa, que é quando ela fica numa espécie de casulo e não se alimenta”, explica Terezinha.

Como atrair joaninhas?

No Brasil, não existem biofábricas que produzam joaninhas para comercialização em larga escala. Mas, a boa notícia é que com algumas ações é possível atrair e manter joaninhas na sua horta ou jardim.

“As joaninhas são muito frágeis aos defensivos agrícolas, por isso, eles não devem ser usados para que elas não morram. Além disso, os produtores precisam manter próximos a área de cultivo plantas com intenso florescimento, pois joaninhas adultas alimentam-se de pequenas porções de pólen e néctar, principalmente quando o seu alimento preferencial, os pulgões, são escassos”, explica Terzinha.

Veja a seguir algumas dicas para trazer joaninhas para as suas plantas e motivar sua permanência.

joaninhas

Foto: Earthswell | Unsplash

Diga adeus à pulverização química

As joaninhas são sensíveis à pesticidas e, mesmo que não sejam afetadas pelas versões mais leves e naturais, podem optar por se afastar de áreas pulverizadas. Se você interromper as medidas de controle químico, incluindo herbicidas e pesticidas orgânicos, por pelo menos 5-6 semanas, poderá ter uma bela surpresa: a visita de joaninhas que voarão até o seu jardim por cota própria. Isso é mais provável na primavera, quando eles saem de sua hibernação em busca de novos locais de alimentação.

Plantas que atraem pulgões atraem joaninhas

Ao plantar algumas espécies que atraem pulgões, você indiretamente vai atrair as joaninhas que vão atrás do seu alimento preferido. Estas espécies podem ser plantadas junto às outras e, além de trazerem as joaninhas, vão deixar o local mais colorido. Entre as plantas que atraem pulgões estão as rosas, a capuchinha e a calêndula.

Na horta, repolho, alface, rabanete, tomate e batata atraem pulgões; o mesmo acontece com as árvores frutíferas. Plante alguns deles em seu jardim para fornecer uma fonte imediata de alimento para as joaninhas.

joaninhas

Foto: Pixabay

Néctar e pólen

Apesar de se alimentarem de insetos, as joaninhas também gostam de ter pólen e néctar, especialmente durante a fase de crescimento.

As flores da família de plantas Umbelliferae parecem ser ímãs de joaninhas. Eles incluem a erva-doce, cenoura, cominho, coentro, cosmos, gerânio e dente de leão.

Abrigo para o frio e para o calor

Outras flores, em formato de “copo” também são atraentes para estes besouros. Como exemplo podemos citar tulipas e lírios. Estas flores captam água e mantém o ambiente mais fresco – o local ideal para as joaninhas no verão. Já no inverno, elas podem ficar em galhos e folhas; Este tipo de flor capta água e mantém o ambiente fresco no seu interior, lugar que as joaninhas escolhem para fazer suas casas durante o verão.

joaninhas

Foto: Vincent Van Zalinge | Unsplash

No período de frio, as joaninhas se reúnem. Crie um ambiente propício para que elas se abriguem mantendo galhos e folhas secas, pinhas e/ou lascas de bambu. Deixe essa espécie de ninho em um local fresco e próximo às flores. Se estiver muito seco, borrife um pouco de água de vez em quando.